O Último Cão

paisagem.jpg

O Último Cão 

Este é último cão
O canídeo que a carroça não quis 

A sarjeta é  minha fonte e o meu sustento 
Este é o último cão
 

A sarna me entranha o corpo
Os parasitas que me consumem
Não me conseguem calar e grito bem alto
Sou livre 

Este é o último cão nesta rua que é a vida
Crianças atiram pedras, senhoras fogem de pânico
Os homens pontapearam-me,
Mas a cada carro ou mota que encalço
Com garganta sufocada em sangue dos biqueiros na boca
Grito sou Livre 

Este é Xavier

Xavier Marcelo in: Assim Também Eu Logo Existo

Anúncios
Published in: on Abril 12, 2007 at 9:25 pm  Deixe um Comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://xaviermarcelo.wordpress.com/2007/04/12/o-ultimo-cao/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: