Na Praia

“… Na praia vejo o nada. Um som azul ecoa na minha cabeça e cheiro, cheiro as senhoras que passam em passo apressado. Fogem do mar em direcção das areias altas á procura de intimidade. No alto, proximo de Deus, vejo estes corpos brancos a cheirar a maresia com paladar a sal. Corpos sós e puros. Ai como eu gosto… 
Descubro que não estou sozinho. Mais alguém. …”

No livro ” Crónicas de um Futuro Mal Passado”

Interessantíssima esta narrativa que Xavier constrói a partir das memórias de infância do seu avô contadas á luz de uma lareira nas frias noites da Serra da Prageirinha. Xavier observa a flora e fauna em circunstancias diversas acompanhado de um discurso possível mas eficaz e mesmo sendo um homem atormentado não foge ás influências de autores consagrados como Tomás Paiva, Pais Leitão, Walter Sean Phillips, principalmente este último no seu aclamado romance “ Como uma Nêspera á Beira da Estrada”. Vejamos “…Este era o momento, não podia voltar atrás … “, Walter Sean Phillips, tradução do próprio Xavier Marcelo. E tudo se completa como um círculo.

Anúncios
Published in: on Março 23, 2007 at 11:03 pm  Deixe um Comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://xaviermarcelo.wordpress.com/2007/03/23/6/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: